EXÉRESE DE PTERÍGIO

 

EXÉRESE DE PTERÍGIO

A cirurgia de exérese de pterígio pode ser realizada através de várias técnicas: esclera nua, exérese com aplicação de mitomicina, com transplante de conjuntiva ou membrana amniótica.

A cirurgia de exérese de pterígio pode ser realizada através de várias técnicas: esclera nua, exérese com aplicação de mitomicina, com transplante de conjuntiva ou membrana amniótica. Em qualquer das técnicas existe chance de recidiva.

A técnica de nossa escolha é o transplante de conjuntiva, por ser a que apresenta o menor índice de recidiva e o maior conforto no pós-operatório. A cirurgia dura aproximadamente 50 minutos e a conjuntiva doadora é retirada do quadrante supero-temporal do mesmo olho operado e suturada no leito escleral. Os pontos podem causar leve incômodo até a sua remoção (com 7 dias).

É possível também realizar esta técnica usando cola biológica ao invés das suturas, o que minimiza muito o desconforto pós-operatório, assim como evita o incômodo da retirada dos pontos.

 
 

CONSULTA OFTALMOLÓGICA

O IMO - Instituto Médico e Oftalmológico, localizado em Campinas e Indaiatuba, oferece consultas com especialistas. Agende seu atendimento e faça um completo exame oftalmológico, capaz de diagnosticar precocemente as principais doenças que afetam a saúde ocular!

AGENDE UMA CONSULTA